ALPB aprova, por unanimidade, projeto de Doutora Paula que proíbe venda de fogos de artifício com estampido

Após muita discussão, realidade que, inclusive, provocou a realização de uma audiência pública para discutir o tema, a Assembleia Legislativa da Paraíba aprovou por unanimidade, nesta terça-feira (9), o projeto de Lei nº 1.350/2023. A matéria proíbe a queima, a soltura, a comercialização, o armazenamento e o transporte de fogos de artifício de estampido no Estado.

A propositura é da deputada Doutora Paula (Progressistas), com coautoria do deputado professor Francisco (REDE).

O projeto, no entanto, foi aprovado com uma emenda modificativa, que aumenta o prazo de 6 para 9 meses para que a norma passe a vigorar, a partir da publicação da lei. A emenda foi apresentada pelo deputado Sargento Neto (PL)

Antes da votação, quando da discussão do projeto, a deputada Doutora Paula fez um discurso emocionante em defesa da causa.

“Hoje é um dia histórico! Gostaria que olhassem para a galeria, para ver a aflição das pessoas que abraçaram essa causa. A causa não é de doutora Paula, é dos autistas. É um problema neural; o barulho provoca perturbação no autista”. Aqui, estamos defendendo o direito dos autistas. Temos, também, a questão dos animais, trazida pelo colega professor Francisco.  Deputados e deputadas, vamos aprovar este projeto”, argumentou a parlamentar antes da aprovação do projeto.

Na justificativa, Doutora Paula destacou que a proposição atende pleito da população, por tratar de assunto que atinge o núcleo dos vulneráveis. “Destaca-se que o projeto de lei em questão visa proibir a soltura de fogos de estampido em todo perímetro urbano do Estado da Paraíba”.

Doutora Paula destacou, ainda, a contribuição do deputado Doutor Francisco, com o viés voltado à causa animal. “Professor Francisco, o sua participação enriqueceu o projeto”, afirmou.

O professor Francisco, por sua vez, voltou a destacar que “o projeto proíbe, apenas, fogos com estampido”, ao tempo de ressaltar que continua permitida a comercialização de fogos de artificio sem estampidos.

“Esta casa, hoje, finca um marco civilizatório, em respeito à vida, em todas as modalidades, inclusive, à modalidade animal”. Agradeço à Doutora Paula por atender o meu pedido e me aceitar como coautor do projeto”, declarou.

Apoio ao projeto

Na discussão da matéria, a maioria dos deputados se pronunciou enaltecendo o projeto apresentado pela deputada Doutora Paula, com coautoria do deputado professor Francisco.

O deputado Luciano Cartaxo destacou o processo democrático em torno da discussão do tema do projeto, “o que culminou com o consenso, com a aprovação do projeto de forma unânime”.

A deputada Camila Toscano lembrou que a Assembleia entra para a história, ao proibir os fogos com estampidos, sem proibir “a beleza dos fogos de artifícios”.

A matéria foi discutida, também, pelo deputado Anderson Monteiro (MDB). Ele informou que, a princípio, estava propenso a votar contra o projeto, mas as discussões, com a audiência pública, fizeram mudar o seu voto. “É preciso escutar todos os lados envolvidos na questão. Isso me fez mudar de posição ante a projeto em questão”, relatou.

Fonte: Valter Nogueira 

PUBLICIDADE

Comentários:

PUBLICIDADE

Colunistas

Thayronne Brito

É um especialista renomado no mercado digital, trazendo soluções inovadoras e estratégias eficazes para o sucesso online.

Bruno de Lima

Jornalista e graduado em Gestão da Tecnologia da Informação, traz uma abordagem única e perspicaz aos temas que aborda.

Gilmara Bandeira

A renomada Digital Influencer, Videomaker e Apresentadora, brilha com seu carisma e talento em cada projeto que realiza.

Silvano dias

O radialista incisivo e cativante do programa ‘Boca Quente’, trazendo as notícias mais quentes e opiniões afiadas para os ouvintes ávidos.

PUBLICIDADE

Mais visualizadas

Postagens relacionadas

SINFUMC emite nota de solidariedade aos professores de Cajazeiras pela acusação de políticos de falsificarem seus diplomas de mestrado
12 de julho de 2024

SINFUMC emite nota de solidariedade aos professores de Cajazeiras pela acusação de políticos de falsificarem seus diplomas de mestrado

O Sindicato dos Funcionários Municipais de Cajazeiras (SINFUMC), no Sertão da Paraíba, emitiu nota de solidariedade nesta quinta-feira (11.jul.2024) aos professores do município pela acusação de falsificação de

12 de julho de 2024
Incêndios transformam Pantanal em cemitério a céu aberto: cobras, jacarés e anfíbios são maioria entre animais mortos
11 de julho de 2024

Incêndios transformam Pantanal em cemitério a céu aberto: cobras, jacarés e anfíbios são maioria entre animais mortos

Os incêndios que atingem o Pantanal há mais de 90 dias fizeram com que o bioma se tornasse um grande cemitério a céu aberto. De acordo com o Grupo de

11 de julho de 2024
Homem é Preso Andando Pelado pelas Ruas de João Pessoa
11 de julho de 2024

Homem é Preso Andando Pelado pelas Ruas de João Pessoa

Na manhã desta quarta-feira (10), um episódio inusitado chamou a atenção dos moradores do bairro Valentina de Figueiredo, em João Pessoa. Um homem foi preso ao ser flagrado

11 de julho de 2024
Câmara dos deputados aprova isenção de impostos para carnes, peixes, queijos e sal
11 de julho de 2024

Câmara dos deputados aprova isenção de impostos para carnes, peixes, queijos e sal

A Câmara dos Deputados concluiu a votação do projeto que regulamenta a reforma tributária (Projeto de Lei Complementar 68/24), com várias mudanças em relação ao projeto original, de autoria do

11 de julho de 2024
Influenciadora virtual mais seguida do mundo, Lu do Magalu ganha versão ultra realista que evidencia até os poros da pele.
10 de julho de 2024

Influenciadora virtual mais seguida do mundo, Lu do Magalu ganha versão ultra realista que evidencia até os poros da pele.

A influenciadora virtual mais seguida do mundo, Lu do Magalu, acaba de ganhar uma nova versão ultra realista. Agora, seus seguidores podem apreciar com maior nitidez os poros

10 de julho de 2024