Em derrota do governo, congresso derruba vetos de Lula e volta a proibir ‘saidinha’ de presos

O Congresso decidiu nesta terça-feira (28) derrubar o veto do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) a um dispositivo do projeto sobre a saída temporária de presos, conhecida popularmente como “saidinha”, em feriados.

Placar na Câmara

SIM: 126 deputados votaram pela manutenção
NÃO: 314 deputados votaram pela derrubada
Houve duas abstenções

Placar no Senado

SIM: 11 senadores votaram pela manutenção do veto
NÃO: 52 senadores votaram pela derrubada do veto
Houve uma abstenção

Aprovada pelo Congresso em março deste ano, a lei proíbe a saída temporária de presos do regime semiaberto, autorizando somente a saída para os detentos que cursam supletivo profissionalizante, ensino médio ou superior.

Ao sancionar a norma, Lula vetou um trecho do texto e autorizou a saída presos do regime semiaberto, que não tenham cometido crimes graves ou hediondos, para visitas à família. O Congresso, no entanto, derrubou o veto e retomou o texto à redação original aprovada em março. Com isso, o trecho vai à promulgação.

A derrubada ocorreu após acordo entre líderes partidários da Câmara e do Senado.

Derrota ao governo

O veto de Lula aconteceu após orientação dada pela ala jurídica do governo, como o Ministério da Justiça e Segurança Pública, liderado pelo ministro Ricardo Lewandowski, e a Advocacia-Geral da União.

A derrubada do veto é uma derrota para o governo Lula, que tentou articular a manutenção do veto ao longo das últimas semanas.

A saída temporária é concedida pela Justiça como forma de ressocialização dos presos e manutenção de vínculo deles com o mundo fora do sistema prisional.

Atualmente, o benefício permite que os detentos do regime semiaberto realizem:

visitas à família;

cursos profissionalizantes, de ensino médio e de ensino superior;
atividades de retorno do convívio social.

Congresso tem a palavra final sobre vetos

Quando a Câmara e o Senado aprovam uma proposta, o texto é encaminhado à Presidência da República, que analisa se ele pode se tornar lei para que, então, passe a ter vigência.

Cabe ao presidente da República sancionar ou vetar uma proposta de forma integral ou apenas sancionar uma parte e rejeitar as demais.

O veto presidencial, porém, precisa ser analisado pelo Congresso durante uma sessão conjunta. Nela, deputados e senadores decidem se derrubam ou se mantêm o veto do governo.

Após a decisão do Parlamento, os dispositivos mantidos ou vetados são promulgados.

CNN

PUBLICIDADE

Comentários:

PUBLICIDADE

Colunistas

Thayronne Brito

É um especialista renomado no mercado digital, trazendo soluções inovadoras e estratégias eficazes para o sucesso online.

Bruno de Lima

Jornalista e graduado em Gestão da Tecnologia da Informação, traz uma abordagem única e perspicaz aos temas que aborda.

Gilmara Bandeira

A renomada Digital Influencer, Videomaker e Apresentadora, brilha com seu carisma e talento em cada projeto que realiza.

Silvano dias

O radialista incisivo e cativante do programa ‘Boca Quente’, trazendo as notícias mais quentes e opiniões afiadas para os ouvintes ávidos.

PUBLICIDADE

Mais visualizadas

Postagens relacionadas

SINFUMC emite nota de solidariedade aos professores de Cajazeiras pela acusação de políticos de falsificarem seus diplomas de mestrado
12 de julho de 2024

SINFUMC emite nota de solidariedade aos professores de Cajazeiras pela acusação de políticos de falsificarem seus diplomas de mestrado

O Sindicato dos Funcionários Municipais de Cajazeiras (SINFUMC), no Sertão da Paraíba, emitiu nota de solidariedade nesta quinta-feira (11.jul.2024) aos professores do município pela acusação de falsificação de

12 de julho de 2024
Incêndios transformam Pantanal em cemitério a céu aberto: cobras, jacarés e anfíbios são maioria entre animais mortos
11 de julho de 2024

Incêndios transformam Pantanal em cemitério a céu aberto: cobras, jacarés e anfíbios são maioria entre animais mortos

Os incêndios que atingem o Pantanal há mais de 90 dias fizeram com que o bioma se tornasse um grande cemitério a céu aberto. De acordo com o Grupo de

11 de julho de 2024
Homem é Preso Andando Pelado pelas Ruas de João Pessoa
11 de julho de 2024

Homem é Preso Andando Pelado pelas Ruas de João Pessoa

Na manhã desta quarta-feira (10), um episódio inusitado chamou a atenção dos moradores do bairro Valentina de Figueiredo, em João Pessoa. Um homem foi preso ao ser flagrado

11 de julho de 2024
Câmara dos deputados aprova isenção de impostos para carnes, peixes, queijos e sal
11 de julho de 2024

Câmara dos deputados aprova isenção de impostos para carnes, peixes, queijos e sal

A Câmara dos Deputados concluiu a votação do projeto que regulamenta a reforma tributária (Projeto de Lei Complementar 68/24), com várias mudanças em relação ao projeto original, de autoria do

11 de julho de 2024
Influenciadora virtual mais seguida do mundo, Lu do Magalu ganha versão ultra realista que evidencia até os poros da pele.
10 de julho de 2024

Influenciadora virtual mais seguida do mundo, Lu do Magalu ganha versão ultra realista que evidencia até os poros da pele.

A influenciadora virtual mais seguida do mundo, Lu do Magalu, acaba de ganhar uma nova versão ultra realista. Agora, seus seguidores podem apreciar com maior nitidez os poros

10 de julho de 2024